sexta-feira, 27 de abril de 2018

Município das Lajes do Pico é o concelho mais transparente do "triângulo"




A Transparência e Integridade, associação sem fins lucrativas que tem como objetivo contribuir para uma sociedade mais justa e uma democracia de qualidade em Portugal, através da promoção da participação cívica, o acesso à informação, a transparência dos processos decisórios e a regulação eficaz dos sistemas e organizações no sentido de reforçar a prevenção e combate à corrupção, e a promoção de uma ética publica e um verdadeiro sentido de responsabilidade social por parte de todos os agentes económicos, classificou o Município das Lajes do Pico como o 79º Município com melhor Índice de Transparência Municipal (2017). 

Com este resultado, o Município das Lajes do Pico sobe assim 32 posições quando comparado com o resultado de 2016, tornando-se o 5º Município dos Açores e o 1º do Triângulo com a melhor índice de Transparência Municipal.

Município
Pontuação
Ranking
Lajes do Pico
63,05
79
São Roque do Pico
51,24
150
Horta
44,09
191
Calheta
37,64
224
Madalena
27,74
290
Velas
25,82
294

Este índice (ITM), foi criado para se tornar uma ferramenta de capacitação dos cidadãos, permitindo relatar anualmente o grau de informação que o Poder Local disponibiliza a todos os cidadãos, sendo por isso responsável pela a avaliação da Faculdade de tornar públicos todos os atos do governo e dos seus representantes para providenciar a sociedade civil com informações relevantes, de forma completa e atempada.

A avaliação é feita através da análise de todos os Websites de todos os municípios, avaliando a informação disponível de acordo com 76 indicadores que se encontram agrupados em sete dimensões, estabelecendo um ranking que permite promover uma competição saudável entre municípios de modo a colaborarem entre si.


1) Informação sobre a Organização, Composição Social e Funcionamento do Município;

2) Planos e Relatórios;
3) Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos;
4) Relação com a Sociedade;
5) Contratação Pública;
6) Transparência Económico-Financeira;
7) Transparência na área do Urbanismo.

Sem comentários:

Enviar um comentário