sexta-feira, 25 de maio de 2018

Faleceu Ermelindo Ávila.



Ermelindo dos Santos Machado Ávila faleceu na madrugada de 25 de Maio de 2018.

Nascido a 18 de Setembro de 1915 nas Lajes do Pico, iniciou a sua atividade jornalística no Jornal O Dever em 1932, tendo sido editor entre 1938 e 1954.


Recebeu a Insígnia de Comendador da Ordem de Mérito pelo Presidente da República, Dr. Mário Soares, em 1995, a Chave Número Um do Concelho das Lajes do Pico na comemoração dos 500 anos do Concelho, e a Insígnia Autonómica de Reconhecimento pela Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores em 2011.

Estudou Filosofia no Seminário de Angra e, entre 1938 e 1954, foi ajudante do Cartório Notarial e dos serviços de Registos e do Notariado. Em 1940 foi nomeado Administrador do Concelho das Lajes do Pico e Presidente da Comissão Administrativa da Câmara Municipal. Em 1941 é nomeado Presidente da Câmara do mesmo concelho de cujas funções foi exonerado por divergências políticas. Ingressou no quadro administrativo da Câmara Municipal das Lajes do Pico em 1954. Foi chefe de secretaria da Câmara Municipal da Madalena e na Câmara Municipal das Lajes do Pico, onde se aposentou em 1984 como Assessor Autárquico.

Autor de 31 livros da sua autoria, lançou o seu último livro no passado mês de Abril, “Crónicas e Contos de Natal do Avô Ermelindo”, um livro que retrata as tradições religiosas e familiares de Natal que foram sendo publicados ao longo de vários anos na imprensa regional.

Sem comentários:

Enviar um comentário